Início Perguntas Frequentes Voltar

Tire suas dúvidas sobre o amianto Crisotila

  • Matéria prima 100% brasileira

    A cadeia produtiva do amianto Crisotila brasileira, desde a mineração até a revenda dos produtos derivados, gera 170 mil empregos no país. De toda a produção de Crisotila brasileira, aproximadamente 99%, é usada como fibra de reforço de fibrocimento (50% dos telhados e 80% das caixas d´água brasileiras são fabricados com fibrocimento).
  • O que é amianto?

    O amianto ou asbesto é uma fibra mineral encontrada em dois terços da crosta terrestre e apresenta mais de 30 variedades. Cientificamente, o mineral divide-se em dois grupos distintos: serpentinitas e anfibólios.
  • O que é anfibólio?

    Os amiantos anfibólios, conhecidos também como amiantos azul ou marrom, possuem alta concentração de ferro em sua composição e são formados por fibras rígidas, retas e pontiagudas, difíceis de serem absorvidas pelo organismo. Quando inspiradas, o tempo de permanência dessas fibras nos pulmões é de mais de um ano. Por isto, o anfibólio é potencialmente cancerígeno e sua utilização foi proibida em todo o mundo.
  • O que é Crisotila?

    Silicato hidratado de magnésio, também chamado de "serpentina", "amianto branco" ou "Crisotila". A estrutura fibrosa do Crisotila é flexível, fina e sedosa sendo rapidamente eliminada pelo sistema respiratório. Geralmente ocorre associado a rochas ultramórficas (dunito, periododito, serpentinito) e podem formar jazidas de grande porte, com reservas da ordem de milhões de toneladas. No Brasil há somente uma mina de Crisotila, instalada em Minaçu(GO) operada pela mineradora SAMA.
  • Muitos países da Europa baniram o amianto pelos graves danos que a fibra provocou á saúde dos trabalhadores e o substituiu por fibras alternativas. O Brasil não está na contramão do mundo?

    Na Europa, o amianto do tipo anfibólio foi utilizado durante muitos anos de maneira inadequada, como por exemplo, em jateamento das fibras em paredes de prédios e porões de navios. Nesses casos, as pessoas ficavam em contato direto com fibras do mineral, que se desprendiam ao longo do tempo. No Brasil, devido ao seu clima tropical, esse uso e aplicação não foram incentivados. Aqui, apenas o amianto Crisotila é utilizado, em sua maioria, misturado ao cimento, o que evita o desprendimento de fibras. Desde a década de 80, foi adotada nas fábricas a política do Uso Seguro do Crisotila, garantindo a segurança dos trabalhadores.

Faça sua Pergunta

Preencha o formulário corretamente