Regulamento do Prêmio Sambaíba
de Design em Rocha 2014

1. O CONCURSO

1.1 O Prêmio Sambaíba de Design em Rocha é um concurso de caráter estritamente Cultural, Artístico e Científico, realizado nos termos da Lei nº 5.768/71, art. 3º, regulamentado pelo art. 30 do Decreto nº 70.951/72. É organizado e promovido pelo Instituto Brasileiro do Crisotila (IBC) e pela Cooperativa de Trabalho do Empreendedor Artesão Mineral de Minaçu (Coopemin).

1.2 A participação é voluntária e gratuita, não estando vinculada à aquisição de qualquer bem, serviço ou direito.

1.3 A realização do Prêmio Sambaíba de Design em Rocha é anual, podendo ser alterada de acordo com a conveniência da entidade organizadora do evento.

2. OBJETIVOS

2.1 O objetivo principal da presente premiação é reconhecer a excelência do Design Brasileiro, incentivar seu fortalecimento e disseminação em todo território nacional.

2.2 Incentivar a criatividade e a inovação tecnológica por meio do Design, destacando a capacidade e o talento de profissionais e estudantes das diversas áreas criativas, por meio de diferentes premiações.

2.3 Difundir as qualidades, características e possibilidades do uso da rocha Serpentinito, na produção de artefatos domésticos e decorativos, acessórios de moda, entre outros, por ser um material ainda pouco conhecido por artesãos e designers e da própria indústria criativa.

2.4 4 Promover os novos talentos do design e estimular o desenvolvimento de produtos adequados à realidade social, cultural e tecnológica da Cooperativa de Trabalho do Empreendedor Artesão Mineral de Minaçu (Coopemin), que tem como principal fonte de renda a produção de utensílios funcionais e decorativos produzidos a partir da rocha Serpentinito.

3. CATEGORIAS

3.1 O prêmio consiste na premiação de produtos enquadrados nas seguintes categorias:

3.1.1 Utensílios para cozinha – Abrange itens para cozinha tais como cutelaria, panelas, copos, talheres, aparadores, pratos e afins.

3.1.2 Joalheria / Bijuteria – Abrange itens como pingentes, brincos, anéis e pulseiras, que promovam o uso da rocha Serpentinito em sua composição, por meio de novas lapidações ou receitas tradicionais reconhecidas pelo mercado.

3.1.3 Revestimentos – Abrange itens para revestimento de paredes como filetes, pastilhas, placas texturizadas, dentre outros.

3.1.4 Artesanato – Abrange peças funcionais ou decorativas, podendo também agregar outros tipos de materiais na composição da peça.

CONSIDERAÇÕES:

O participante deverá inscrever seu produto na categoria em que melhor se enquadre. No entanto, a Comissão Julgadora poderá, a qualquer momento, reenquadrar a inscrição em outra categoria a seu exclusivo critério, sem que assista nenhum direito ao participante, nem mesmo o de apresentar recurso ou pedir o cancelamento de sua inscrição. Todos os produtos deverão ser inéditos e não podem estar em produção, terem sido apresentados em outro concurso ou comercializados pelo autor anteriormente. Os inscritos nas diversas categorias, caso sejam classificados para a segunda fase de avaliação, deverão entregar um mock-up ou protótipo do projeto participante.
Entende-se por mock-up a reprodução de um conceito próximo da realidade, em tamanho real, que não tem a necessidade de reproduzir as funções da peça. Como o mock-up, o protótipo deve possuir tamanho real, porém, precisa reproduzir as funcionalidades, sem necessariamente ser elaborado com o mesmo material que seria utilizado no produto.
Os produtos deverão apresentar as seguintes características:
- Utilização de no máximo 3 (três) matérias-primas para a sua construção, incluída a rocha Serpentinito. Não serão contabilizados aqui sistemas de fixação, parafusos e cola.

- Conter em seu conceito uma filosofia adequada aos princípios que regem o IBC e a Coopemin: respeito ao meio ambiente, à saúde e segurança do artesão; promoção da inclusão social por meio da comercialização do artesanato mineral e da produção de peças decorativas e utilitárias que utilizam como matéria-prima a rocha Serpentinito.

4. DA PARTICIPAÇÃO

4.1 A participação será permitida a estudantes e profissionais das diversas áreas criativas, tais como Design, Arquitetura, Artes Plásticas, Marketing, além de Artesãos, Lapidários e profissionais com experiência reconhecida no design de rochas.

4.2 Poderão participar do prêmio, individualmente, somente pessoas físicas brasileiras ou estrangeiras, residentes no país há mais de 02 (dois) anos.

4.3 É vedada a participação de sócios comerciais dos componentes da comissão julgadora; funcionários do IBC ou da COOPEMIN ou membros da comissão julgadora.

5. CONDIÇÕES DA PARTICIPAÇÃO

5.1 Para participar do concurso, o interessado deverá se inscrever da seguinte forma:

CADASTRO – acessar o site http://ibcbrasil.org.br/sambaibadesign2014 e realizar o cadastro para receber uma senha;

INSCRIÇÃO – acessar o site http://ibcbrasil.org.br/sambaibadesign2014 e realizar a inscrição por meio do login com o CPF e a senha recebida no cadastro anterior.

5.2 Não é obrigatório postar o projeto no ato da inscrição. O candidato terá até dia 06 de agosto de 2014 para enviar o projeto por meio de upload, bem como alterar as informações preenchidas na inscrição.

5.3 Os projetos deverão ser apresentados em arquivo no formato PDF, em 3 (três) páginas no tamanho A2, que não poderá exceder 5MB.

Página 01: apresentação do produto de forma simples e objetiva, contendo as informações a seguir:
- Nome do projeto (o nome do participante não deve ser informado);
- Conceito;
- Função;
- Diferencial e benefícios em relação ao que já existe e o contexto em que se insere;
- Público-alvo;
- Materiais utilizados;
- Tecnologia de fabricação e sistemas construtivos;
- Acabamentos;
- Peso e dimensão do produto.

Página 02: Perspectivas ilustrativas.

Página 03: Desenhos técnicos (plantas, cortes, vistas/elevações).

5.4 Todas as páginas deverão conter um carimbo no rodapé com as seguintes informações: número de página, data, nome do produto e número de inscrição, conforme figura 1.

material

5.5 Os participantes poderão inscrever somente um projeto por categoria. Cada peça ou trabalho escrito corresponde a um número de inscrição, ou seja, não é permitido registrar dois ou mais projetos em um mesmo formulário.

5.6 Não serão permitidos projetos em equipe, pois o interesse do concurso é descobrir a potencialidade criativa individual.

5.7 Os projetos vencedores, se considerados viáveis industrial e comercialmente, poderão fazer parte da linha de produtos da Coopemin. O pagamento do prêmio implicará na posse do projeto e no direito de produção e comercialização pela organizadora deste concurso.

CONSIDERAÇÕES
A produção dos mock-ups e protótipos são de inteira responsabilidade dos participantes, bem como o envio das peças para avaliação da comissão julgadora.
Poderá ser utilizada qualquer tipo de matéria prima, sem a obrigação da utilização de rocha de Serpentinito.

RESPONSABILIDADES
I. O Prêmio Sambaíba de Design em Rocha não possui a responsabilidade de confeccionar ou produzir protótipos ou produtos de qualquer espécie, e tão pouco possui a responsabilidade de procurar interessados para a confecção ou produção de produtos ou protótipos dos candidatos finalistas.
II. O produto selecionado para a 2ª Etapa, ao ser enviado, deverá estar devidamente embalado e em perfeitas condições de apresentação. A embalagem deverá ser identificada com o nome do participante e número de sua inscrição. A organização não se responsabiliza por danos ocorridos durante o transporte dos produtos.
III. Toda e qualquer providência referente ao frete, seja de envio ou de retirada dos produtos, assim como suas respectivas taxas e escolha do meio de transporte, serão da inteira responsabilidade do candidato, seja ele brasileiro ou estrangeiro.
IV. Não haverá cobertura de seguro dos produtos inscritos por parte do prêmio, ainda que esse se comprometa para a perfeita guarda e conservação dos mesmos. Porém, não se responsabiliza, portanto, por eventuais acidentes ou avarias.

6. COMISSÃO JULGADORA E SELEÇÃO DOS PROJETOS

6.1 Os projetos serão avaliados por um júri constituído por especialistas em design e representantes da Coopemin. Ele será composto por membros representantes de entidades nacionais e também por professores, jornalistas especializados na área, industriais não concorrentes, associações de design e profissionais do design com reconhecida experiência no mercado.

6.2 Haverá, também, a participação popular por meio de votação na fan page do prêmio, cuja nota final terá peso inferior à da comissão julgadora.

6.3 A Comissão Julgadora deverá reunir-se em duas oportunidades (1ª e 2ª Etapas), mediante convocação da organização, quando examinarão os projetos e farão a verificação para assegurar que estejam de acordo com o regulamento e excluindo aqueles que não estiverem em conformidade com o regulamento do prêmio.

6.4 Os projetos selecionados para a 2ª Etapa serão julgados pela comissão e o prêmio de vencedor será conferido ao candidato que atingir a maior soma de votos, de acordo com os critérios aqui apresentados (Art. 7º).

6.5 A decisão final da Comissão é soberana e irrecorrível, não se aceitando, portanto, contestações por parte dos candidatos.

6.6 Os casos omissos neste Regulamento serão resolvidos em primeira instância pela Comissão Julgadora e, em segunda e última instância, pelas entidades promotoras do prêmio.

7. CRITÉRIOS

7.1 O trabalho de seleção e premiação deverá considerar os seguintes critérios básicos de julgamento:

a) Originalidade – avalia o ineditismo das soluções apresentadas;

b) Concepção formal – diz respeito aos aspectos estético-formais, proporção, acabamentos superficiais, relação com o ambiente de uso e adequação do produto às percepções do seu público-alvo;

c) Inovação tecnológica – incorporação ao produto de novas tecnologias e/ou novas soluções na utilização de materiais e processos produtivos;

d) Adequação ao mercado – avalia se a proposta de design está adequada ao mercado a que se destina, se atende os aspectos culturais, sociais e emocionais, aliados a fatores como valor e preço;

e) Viabilidade industrial – considera custo, logística, matéria-prima e processos de fabricação para a produção em pequena, média ou grande escala;

f) Qualidade e segurança – diz respeito à relação entre o produto e o usuário final, aos aspectos ergonômicos e antropométricos, uso da matéria-prima adequada e vida útil do produto;

g) Proteção ambiental – considera os aspectos de sustentabilidade e uso racional dos recursos na cadeia produtiva.

7.2 Todos os projetos deverão obedecer as seguintes dimensões: 30cm (altura) x 20cm (largura) x 30cm (profundidade). Nenhum produto poderá extrapolar essas medidas, sob pena de serem desclassificados do prêmio.

CONSIDERAÇÕES

Cópias de produtos existentes serão sumariamente excluídas da votação.

8. SELEÇÃO

A seleção dos projetos e definição dos vencedores será realizada em duas etapas distintas e subsequentes. Não caberá contestação de qualquer espécie sobre os resultados desses encontros.
O não cumprimento dos prazos implica na desclassificação do projeto.
8.1 Primeira Etapa:
I. Os projetos inscritos serão julgados por meio da análise documental. Estando em conformidade com o regulamento, os projetos selecionados estarão automaticamente participando da 2ª Etapa.
II. Os produtos que não estiverem de acordo com as exigências deste regulamento estarão, por decisão do júri, impossibilitados de participar da avaliação final do prêmio.
III. O participante do prêmio deverá fornecer em sua inscrição informações corretas, verdadeiras e completas, caso contrário poderá ser automaticamente desclassificado, ainda que sua peça tenha sido selecionada para a etapa final.
8.2 Segunda Etapa:
I. Os participantes que tiverem seus trabalhos selecionados para a 2ª etapa serão informados oficialmente pelo site do Prêmio Sambaíba de Design em Rocha (http://ibcbrasil.org.br/sambaibadesign2014) a partir do dia 08 de agosto de 2014, e deverão então providenciar:

a. A entrega da peça selecionada. Em sua embalagem deve constar nome e endereço do autor, bem como o respectivo número de inscrição. A peça, no entanto, deve trazer somente o número de inscrição. A entrega deve ser realizada conforme prazo estabelecido neste regulamento. O não cumprimento do prazo implica na desclassificação do projeto.

b. A entrega de seu respectivo material complementar: termo de doação impresso, corretamente preenchido e assinado pelo autor da peça inscrita, fornecido pelo Prêmio Sambaíba de Design em Rocha 2014 no site de inscrições, que terá validade no momento em que o projeto for selecionado para a etapa final do prêmio.

c. Enviar fotografias da peça produzida com no máximo 5Mb e com resolução de 300 dpi, mostrando as diversas faces da peça para melhor análise dos jurados.

d. Os fretes e todas as despesas de transporte e embalagem das peças participantes do Prêmio Sambaíba de Design em Rocha, mesmo as de entrega e de retirada, correrão por conta exclusiva dos participantes.

II. O autor do projeto selecionado deverá providenciar mock-ups ou protótipos em escala natural, que serão objeto da avaliação final dos jurados.

III. Após a seleção dos projetos finalistas, o candidato selecionado será prontamente informado, via e-mail, quanto à data limite e endereço para o envio de seu(s) produto(s) à organização do prêmio.

IV. Os 10 (dez) melhores projetos selecionados em cada categoria participarão da Cerimônia de Premiação, cuja data e local serão também previamente informados aos candidatos finalistas.

V. Todos os projetos selecionados para a 2ª Etapa receberão Certificado de Participação, que será enviado por e-mail, até 05 de setembro de 2014.

9. ENVIO DOS PROJETOS SELECIONADOS

9.1 As peças selecionadas para a 2ª Etapa deverão ser entregues ou enviadas pelos participantes, juntamente com o termo de cessão impresso, corretamente preenchido e assinado pelo autor da peça inscrita, esse fornecido pela comissão organizadora do prêmio, além do seu respectivo material complementar (item 5.2), para a sede do Instituto Brasileiro do Crisotila, situada na Avenida Laurício Pedro Rasmussem, 2.535, Chácara Retiro, Goiânia (GO), CEP 74620-030, entre os dias 08 de agosto de 2014 a 05 de setembro de 2014, de segunda a sexta-feira, no horário comercial.

9.2 Caberá aos participantes tomar as providências necessárias junto à transportadora de sua preferência, para que os projetos sejam entregues e retirados dentro dos prazos estabelecidos.

9.3 Todas as despesas decorrentes de envio dos projetos, bem como de sua retirada, assim como todos os atendimentos de exigências para a participação correrão por conta exclusiva dos participantes e não serão reembolsadas em nenhuma hipótese pela organização do prêmio.

9.4 O resultado da segunda e última etapa de julgamentos será divulgado até o dia 10 de setembro de 2014 no site http://ibcbrasil.org.br/sambaibadesign2014/.

CONSIDERAÇÕES

O júri terá a faculdade de decidir pela premiação ou não dos projetos, caso não sejam apresentadas propostas que atendam aos pré-requisitos mínimos do tema.

O júri do prêmio avaliará minuciosamente todos os produtos, nos termos do item 7. Não havendo produtos que satisfaçam as exigências da premiação, o corpo de jurados pode optar por não premiar as categorias/modalidades que achar necessário.

Poderão ser concedidas Menções Honrosas aos trabalhos que não ficaram entre os vencedores, mas que tiveram uma boa avaliação do júri, limitado a um projeto por categoria.

Este concurso poderá ser anulado ou suspenso a juízo exclusivo dos organizadores, sem que caiba qualquer indenização aos eventuais participantes.

10. CRONOGRAMA

As inscrições serão realizadas exclusivamente pelo site http://ibcbrasil.org.br/sambaibadesign2014/ conforme as datas a seguir:

23/06 a 13/08 – lançamento e prazo para envio de projetos com descritivos
14/08 e 15/08 – julgamento dos projetos descritivos (digital)
15/08 – divulgação dos 20 classificados (05 por categoria) FINAL DA PRIMEIRA FASE
16/08 a 10/09 – prazo para envio do projeto executado (físico)
11 e 12/09 – julgamento final
15/09 – divulgação dos ganhadores
FINAL DA SEGUNDA FASE
19/09 – evento de premiação

- Cerimônia de premiação em Goiânia para divulgação dos vencedores

11. PREMIAÇÃO

A premiação se dará para os 3 (três) primeiros colocados nas seguintes categorias:

I. – Utensílios para cozinha
II. – Joalheria / Bijuteria
III. – Revestimentos
IV. – Artesanato
11.1 Primeiro Colocado – R$ 5.000,00 (Cinco mil reais).
11.2 Segundo Colocado – R$ 1.500,00 (Mil e quinhentos reais).
11.3 Terceiro Colocado – R$ 1.000,00 (Mil reais).
I. O primeiro lugar de cada categoria receberá um prêmio no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais). O segundo lugar de cada categoria receberá um prêmio no valor de R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais). Já o terceiro lugar em cada categoria receberá um valor de R$ 1.000,00 (mil reais).

II. Não haverá premiação em valores financeiros para as menções honrosas.

III. O prêmio será pago em valor líquido, já procedidos os descontos legais incidentes a título de impostos e taxas, exceto aqueles que, por lei, forem de exclusiva responsabilidade do participante.

CONSIDERAÇÕES

Os prêmios serão concedidos aos melhores projetos de cada categoria, aqueles obtiverem maior pontuação do júri – Comissão Julgadora e Voto Popular.

Todos os candidatos premiados em cada categoria receberão o prêmio estabelecido pela organização, além de troféu e certificado de participação.

12. CERIMÔNIA DE PREMIAÇÃO

12.1 A Cerimônia de Premiação do Prêmio Sambaíba de Design em Rocha é um evento exclusivo para convidados, que acontecerá em local a ser definido, na data informada no item 11 (Cronograma).

12.2 Durante a Cerimônia de Premiação haverá a entrega dos prêmios aos candidatos dos projetos vencedores.

12.3 Os valores pertinentes aos prêmios, de acordo com cada modalidade, serão pagos com cheque nominal ou depositados aos premiados na data da cerimônia em questão.

13. CONTATO E INFORMAÇÕES

Site: http://ibcbrasil.org.br/sambaibadesign2014
Facebook: http://www.facebook.com/premiosambaiba
Qualquer dúvida ou sugestão deve-se entrar em contato pelo e-mail ibcbrasil@ibcbrasil.org.br

14. CESSÃO DE DIREITOS

As peças premiadas e finalistas serão incorporadas pelas entidades promotoras e organizadoras do prêmio como parte do seu acervo, permitindo a exposição e divulgação dos resultados do prêmio (produtos premiados) junto aos principais meios de comunicação, em qualquer tempo.

A organização do prêmio se compromete a divulgar o nome dos autores do(s) projeto(s) vencedores em qualquer tempo, sem que isso os obrigue, no entanto, a pagar royalties ou comissões pela comercialização desses.

14.1 As entidades promotoras do prêmio se reservam ao direito de utilizar as imagens e os protótipos dos projetos selecionados para fins culturais, publicitários e promocionais.

14.2 O candidato classificado para a segunda etapa concede todos os direitos de uso e comercialização do seu projeto às entidades promotoras do prêmio, não cabendo qualquer indenização em qualquer instância.

14.3 A organização do prêmio se compromete a divulgar o nome dos autores do(s) projeto(s) vencedores em qualquer tempo, sem que isso os obrigue, no entanto, a pagar royalties ou comissões pela comercialização desses em qualquer momento.

14.4 A inscrição implica a aceitação integral das regras do Prêmio Sambaíba de Design em Rocha, bem como aceitação das decisões da comissão julgadora.